Último suspiro

 

Nessa minha vida de tanta solidão

Estou mergulhado neste mar de escuridão

Nessa minha vida

De nada me alegra viver

A não ser a esperança de um dia morrer

Para de uma vez partir

Deste mundo de ingratidão

Onde esse meu coração

Sofre de solidão

 

Estou sentado á beira-mar

Esperando meu ultimo suspiro chegar.

 

Autor: Leonardo Turco

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Pencil Killer
    abr 19, 2011 @ 15:18:39

    muito maneiro o pema… gosto muito desses poemas inspirados na segunda geração romántica…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: