Regras

 

A vida em família é um do temas mais comentados, seja de uma forma simples, como uma reclamação de um jovem sobre o seu horário de volta para casa, ou um apanhado geral sobre todos os integrantes de uma e seus comportamentos.

Conflitos em família, e, quando falo família, digo pais e filhos, pode ocorrer por uma simples disputa de quem irá lavar a louça tal manhã, ou até mesmo sobre companhias e comportamentos. O que dita a imensidão do conflito, do problema, são as regras, aquelas que todos os pais fazem questão de, de certo modo, te jogar na cara toda vez que sair de casa.

Chatas? Repetitivas? Cansativas? Sim, sim e sim; porém, mais do que necessárias para a formação de adultos responsáveis e que saibam respeitar o mundo e as pessoas que os seguirão mais tarde.

Pais não se devem deixar abalar por ameaças vãs, por xingamentos e momentos de fúria. “eu vou sair de casa”. Não, não vai! Todos quebram tudo, todos matam, todos saem de casa, absolutamente, todos fazem tudo quando estão com raiva, entretanto, a raiva passa em minutos e aí vem o entendimento de que essas regras só existem para te fazer melhor.

Cada pai deve conhecer cada filho e cada filho conhecer cada pai e responsável, regras devem ser feitas para o bem dos filhos, sim, mas sem punições tão severas e com entendimentos dos pais sobre atitudes dos filhos.

Autora: Caroline Zortea. 2B.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: