A Pátria onde eu vivo

Aqui na pátria onde eu vivo,

Vejo índios a caçar,

Mães ensinando cada filho

Bem humano se tornar.

Aqui na pátria onde eu vivo,

Dá orgulho, dá paixão,

A ver tão bela natureza

Dentro de uma só nação.

Aqui na pátria onde eu vivo,

Não há medo, só alegria,

Um sorriso em cada olhar

Em todo nascer do dia.

E quando chega o anoitecer,

A luz da lua prevalece

Iluminando toda a mata

Que pelo dia resplandece.

Deus me dê o privilégio

De aqui permanecer

Pois não há outro lugar

Dentro de todo esse mundo

Que é tão bom de se viver.

Autora: Rúbia Pansera, 2A.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: